Arquitetura como segunda graduação

A mão de um arquiteto rabisca o projeto na primeira metade da imagem que aos poucos é mesclado com a obra pronta.

Mesmo depois de conquistar o diploma muitas pessoas percebem o desejo de explorar novas áreas de conhecimento. Se você é bastante criativo, gosta de desenhar e se interessa pela composição dos ambientes o curso de Arquitetura e Urbanismo combina com você! O principal objetivo do arquiteto é planejar e organizar espaços internos e externos de maneira que sejam confortáveis e funcionais. Assim como também é o profissional que idealiza, projeta e desenha os espaços urbanos. Se você pensa em cursar Arquitetura como segunda graduação mas ainda está em dúvida se vale a pena, esse texto é pra você.

Preparamos alguns tópicos que vão te ajudar nessa tomada de decisão 😉

1 – Por que fazer uma segunda graduação?

Gif artístico sobre estudo

Conhecimento nunca é demais. Ditado antigo mas muito sábio! Seja para ampliação do conhecimento na sua área de atuação, ou insatisfação com a carreira, a segunda graduação é uma ótima opção.

Antes de mais nada, você precisa levar em consideração que na maioria dos casos há possibilidade de intersecção entre as áreas da primeira e segunda graduação. Portanto, a segunda formação não anulará a primeira, se não for do seu desejo, pelo contrário. O mercado de trabalho necessita cada vez mais de profissionais especializados e optar pela segunda graduação para complementar os seus conhecimentos pode representar um ótimo nicho de mercado a ser explorado. Portanto, não considere perda de tempo investir no seu conhecimento.

2- Segunda graduação ou pós-graduação?

Jovem em dúvida entre cursar pós ou arquitetura como segunda graduação.

Se você tiver dúvida entre cursar a segunda graduação ou investir na pós considere se você pretende mudar sua área de atuação ou deseja dar um salto na sua carreira.

Diante de complicações no mercado de trabalho ou frustrações com o primeiro diploma é possível apostar em outra área de atuação. Essa experiência negativa será muito útil para o seu auto-conhecimento e escolha da segunda graduação. Para essa decisão é fundamental identificar o que desperta sua paixão, interesse e te motiva a estudar. Nesse caso retornar ao ambiente acadêmico é fundamental para garantir o sucesso na nova carreira profissional.

No entanto, se deseja áreas complementares é importante focar no nicho de mercado que pretende seguir. A pós-graduação aborda temas específicos da sua profissão e a segunda graduação trará conhecimentos de uma nova área que poderão ser incorporados à sua carreira. Portanto não considere perda de tempo investir no seu conhecimento em qualquer uma dessas opções.

3- Modalidade de ingresso para segunda graduação

Minnios comemorando a modalidade para cursar Arquitetura como segunda graduação.

O vestibular tradicional não é a única forma de ingressar na Universidade. Na UCPel, por exemplo, o Extravestibular é um processo voltado para estudantes que buscam mudar de universidade através da transferência, ingressar em um novo curso através de um diploma de graduação, estudar um período como aluno temporário ou ainda voltar a estudar e acabar um curso já iniciado. Sendo assim, quem já é formado no ensino superior não precisa prestar vestibular.

A modalidade Portador de Diploma é pra quem já tem uma profissão, porém quer fazer outro curso de graduação. Através do diploma do curso de graduação, o candidato pode ingressar na Universidade sem a necessidade de realização de prova. E o MELHOR DE TUDO é que se você é formado pela UCPel, terá 50% de descontos em T-O-D-A-S as parcelas do novo curso de graduação. Formados em outras universidades ganham 30% de desconto em todas as parcelas também.

4 – Arquitetura como segunda graduação e o mercado de trabalho

Pessoas analisando analisando situações através de infográficos.

Cursar Arquitetura como segunda graduação poderá te trazer ainda mais sucesso profissional. Especialistas garantem que se a segunda formação complementar a primeira o candidato se destaca no mercado de trabalho e tem melhores chances nos processos seletivos de emprego. Quanto maior a especificidade da atividade que você desempenha, menor será a sua concorrência.

O Engenheiro Civil pode optar por ter um segundo diploma em Arquitetura e Urbanismo e oferecer serviços ainda mais completos! São questões reais que impactam diretamente na ampliação do conhecimento. Em resumo, quanto mais o profissional sabe a respeito de áreas correlatas as da sua formação, mais ele pode oferecer e mais próximo ele está do sucesso.

O currículo do curso de Arquitetura e Urbanismo da UCPel está atualizado e em sintonia com as exigências do mercado de trabalho. A formação tem dado oportunidade aos profissionais dessa área em diversos segmentos. A média salarial de um arquiteto no Brasil é de R$ 4.902. 

5 – Mas será que Arquitetura na segunda graduação é pra você?

Arquitetos analisando plantas e projetos sobre a mesa.

O campo de trabalho do profissional formado nessa área é super amplo. De forma bastante resumida, o arquiteto pode ser considerado o profissional que projeta e idealiza os espaços para os mais diversos usos humanos. Para se dar bem nessa carreira é preciso ser muito criativo e acompanhar algumas tendências de mercado.

Mas se você ainda tem dúvidas se o curso de arquitetura é pra você, confira aqui algumas informações que vão te ajudar a saber se você vai se dar bem nessa área. 

Faça na UCPel

Para cursar Arquitetura como segunda graduação na UCPel é preciso ter disponibilidade para frequentar a aulas presenciais à noite por 10 semestres. Dessa forma você não precisará abrir mão das atividades que já desempenha no período diurno. O curso tem conceito 4 pelo Ministério da Educação (MEC), considerado uma nota de excelência.

Se você gostou não perca tempo! As inscrições para o Vestibular e o Extravestibular estão abertas e tem vaga para o curso de Arquitetura e Urbanismo!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2020 Blog da UCPel