Central de Informações
(53) 21288269

Inteligência emocional e sua importância para o sucesso acadêmico

inteligência emocional: Lâmpada amarela sendo desenhada por uma mão em um caderno

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a inteligência emocional vai além do controle de emoções. Gerir sentimentos, principalmente negativos, se trata apenas de uma parte de um longo processo de desenvolvimento. Aliás, por incrível que pareça, nem todas pessoas que apresentam controle de suas emoções tem alto nível de inteligência emocional.

Mas o que é inteligência emocional?

É um conceito presente na Psicologia que descreve toda capacidade que temos de perceber e gerenciar as nossas próprias emoções e sentimentos. Além disso, envolve a aptidão de interpretar e entender as emoções das outras pessoas, a fim de ampliar a compreensão de determinados acontecimentos.

Mas atenção: isso não significa que você vai ser bondoso com as reações das pessoas. Entender e saber a forma que elas reagem a determinadas situações te ajudará a escolher a melhor maneira de conduzir e alcançar os resultados desejados no trabalho, por exemplo.

via GIPHY

A inteligência emocional no ambiente de trabalho

A inteligência emocional é um componente significativo para o sucesso de uma pessoa nas diversas áreas da vida, principalmente no universo acadêmico e corporativo. Segundo um estudo americano, 58% dos fatores de sucesso na vida profissional estão ligados a ela.

Pensando nisso, apresentaremos alguns pontos que podem te ajudar a desenvolver esse tipo de inteligência.

  1. O primeiro passo é você saber que a inteligência emocional pode ser desenvolvida através da mudança de alguns hábitos e atitudes que você tem. Responder ao invés de agir, tentar reduzir as emoções negativas e ouvir a pessoa que está na sua frente pode ser um bom começo.
  2. A prática de exercícios pode ser uma grande aliada para o desenvolvimento dessa habilidade. É importante que antes de agir, você pense, reflita e analise a situação, para depois tomar alguma decisão. A meditação e observação do que estás sentindo também podem ajudar.
  3. Não julgue ou tente mudar os seus sentimentos com muita rapidez. A inteligência emocional é um processo gradual, podendo ocorrer de forma lenta e variando de pessoa para pessoa. Respeite o seu tempo e tenha paciência, afinal, a pressa é inimiga da perfeição.
  4. Crie um ambiente positivo e motivador. Isso melhorará a sua qualidade de vida e pode contagiar as pessoas ao seu redor. Ajudar a equipe, ser flexível e manter uma boa comunicação interna proporcionarão um local de trabalho mais leve e agradável.
  5. Não se esqueça de comemorar as vitórias! Isso dará um reforço positivo, e quem sabe não se transforme em novas metas.

via GIPHY

Agora que você já sabe algumas estratégias para desenvolver a sua inteligência emocional, que tal dar uma olhada nessas dicas para melhorar a sua concentração nos estudos?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2019 Blog da UCPel