Intercâmbio em Direito: saiba como estudar no exterior

Mapa para intercâmbio

Estudar no exterior é o sonho de muitos acadêmicos. Pois são diversos os benefícios que essa experiência incrível carrega. E você sabia que é possível obtê-la através da Universidade Católica de Pelotas? Se você é estudante do curso de Direito ou gosta da área, nada melhor do que começar a pensar com carinho na ideia. Além de ser ótimo para seu currículo acadêmico, um intercâmbio proporciona aprendizado de novas culturas, uma visão mais ampla do mundo, possibilidade de melhorar seu conhecimento em idiomas, e fazer contatos valiosos. Assim, é acima de tudo uma experiência de vida.

“Considerando que cada país possui seu próprio sistema jurídico e conjunto de leis, ainda assim o intercâmbio em Direito vale a pena?” Esse é um questionamento comum entre os estudantes. Ainda que seja verdade o fato de algumas soluções jurídicas do exterior não serem compatíveis à nossa realidade brasileira, existem sim motivos suficientes para estudar fora.

Para seu currículo profissional, uma experiência de intercâmbio lhe colocará em um patamar diferenciado. O mercado de trabalho passará a olhar para você de forma diferente, e novas oportunidades naturalmente se abrirão.

Ademais, um intercâmbio em Direito agrega para uma formação internacionalizada, que pode vir a ser essencial na busca por cargos no âmbito empresarial, público, tributário e digital. E entender como funciona o sistema de outros países, lhe torna apto a compreender o que não funciona e o que pode ser aplicado aqui no Brasil.

Como funciona o programa de intercâmbio da UCPel?

Programa de Intercâmbio da UCPel

O programa de Intercâmbio é coordenado pelo setor UCPel Internacional, que auxilia o aluno desde o processo inicial até o embarque. Há uma assessoria, vinculada à Pró-Reitoria Acadêmica, que presta todo o auxílio necessário e viabiliza o contato com as instituições de ensino superior (IES) parceiras. Em suma, são ofertadas duas opções de intercâmbio, o programa de mobilidade acadêmica e o estágio no exterior.

Logo UCPel Internacional Mobilidade Acadêmica

Programa de Mobilidade Acadêmica

Esta modalidade oportuniza ao aluno estudar um semestre em uma instituição de ensino superior, sem a necessidade de pagar mensalidade nesse período. Desse modo, as disciplinas são cursadas junto aos alunos regulares do outro país. A UCPel também recebe alunos estrangeiros por meio desse mesmo mecanismo.

Estágio no exterior

Essa opção possibilita ao aluno da UCPel desempenhar estágios e pesquisa nas instituições conveniadas. Esta modalidade oferece experiência mais ampla, com intuito de promover uma imersão que ajude a desenvolver a formação profissional, cultural e pessoal. No entanto, o período do estágio deve ser acordado com o coordenador do curso, visto que não abona faltas.

Universidades Conveniadas

A Católica possui convênio com mais de 10 instituições de ensino estrangeiras. Concedendo, assim, a oportunidade de o aluno estudar em países como Colômbia, Espanha, México, Portugal e outros.

Confira abaixo algumas das universidades parceiras da UCPel:

Quais os requisitos para estudar no exterior?

Estudante no exterior

Para estar apto a realizar o intercâmbio, o estudante da UCPel precisa ter no mínimo 18 anos e não estar cursando o primeiro ou o último semestre do curso. Entretanto, é importante salientar que o mesmo, antes de tudo, precisa estar ciente dos gastos que terá com passagens aéreas, hospedagem, alimentação e demais custos de lazer.

A candidatura ocorre através de editais divulgados pela Católica. Portanto fique atento para não deixar essa oportunidade passar! Caso haja o interesse de estudar em uma determinada universidade do exterior que não esteja conveniada com a UCPel, o aluno pode entrar em contato com o setor de intercâmbio para auxílio e avaliação de uma parceria com esta instituição.

Intercâmbio no Direito

Intercâmbio em Direito

Fazer intercâmbio em Direito em uma Universidade do exterior pode ser o diferencial para alavancar sua carreira no mercado de trabalho. Entre os principais benefícios para a área, estão o contanto com novos sistemas jurídicos, uma maior ênfase na parte teórica dos estudos, palestras com mestres e doutores e, é claro, o ganho de novas amizades.

Os acadêmicos do Direito Laura Larré e Gabriel Bonow recentemente realizaram o sonho de estudar no exterior por meio de intercâmbio em Portugal, nas Universidades de Lisboa e Católica Portuguesa, respectivamente. Conforme relataram, a experiência contribuiu muito para o amadurecimento pessoal e profissional.

Assim como, além do Direito, há oportunidades de intercâmbio para alunos de diversas outras áreas. Muitos acadêmicos de Medicina, Administração, Arquitetura e Urbanismo, Enfermagem e Odontologia já passaram pela experiência e também afirmaram ter sido inesquecível.

Portanto, não tenha medo de explorar novas possibilidades! Planeje seu intercâmbio com antecedência e invista no seu crescimento pessoal. Para mais informações, entre em contato com o setor UCPel Internacional pelo e-mail: intercambio@ucpel.edu.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2020 Blog da UCPel