Central de Informações
(53) 21288269

6 dicas para quem quer começar um estágio

O estágio é a porta de entrada para o mercado de trabalho. Entretanto, muitos acadêmicos ficam apreensivos quanto a esse momento da graduação e adiam a experiência de conciliar teoria e prática por insegurança.

Pensando nisso, separamos 6 dicas para quem quer começar um estágio e não sabe qual o primeiro passo, buscando te mostrar a importância de atuar desde cedo na profissão escolhida. Para selecionar essas dicas conversamos com o setor de Gestão de Pessoas da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e também com as alunas do curso de Psicologia da Instituição, Luana Pintanel,  acadêmica do 10° semestre, e Elen Hobuss, 22 anos, estudante do 7° semestre.

UCPel-estágio-blog

Faça atividades extracurriculares

Começamos as nossas dicas, falando da importância das atividades extracurriculares e da relevância de estar engajado com as ações do curso desde o início. Participe de palestras, seminários, grupos de estudos e jornadas acadêmicas.

O período de estágio é para aprender, mas com certeza as atividades extracurriculares te ajudam a ganhar experiência na área. Além disso, elas podem se tornar diferencial em processos seletivos, pois o estudante mostra estar comprometido com a graduação e também ser uma pessoa proativa.

Na UCPel, por exemplo, bolsas de estágio e de pesquisa são concedidas para acadêmicos a partir do 2° semestre. Entretanto, as Atividades Complementares Específicas (ACEs) são ofertadas desde o 1° semestre. Da mesma forma, que desde o começo os alunos podem optar por fazer estágios voluntários.

Segundo a acadêmica Elen, as aulas práticas te ajudam a responder aquela famosa pergunta “O que eu quero ser depois que me formar?”. Por isso, é importante começar a pensar o quanto antes nas atividades extracurriculares.

Elen-hobuss-aluna-ucpel-psicologia
Elen Hobuss é acadêmica do 7° semestre do curso de Psicologia da UCPel.

Monte seu currículo

A psicóloga do trabalho do setor de Gestão de Pessoas da UCPel, Giule Rosa, aponta que no currículo você deve estar atento quanto à veracidade das informações que coloca e também se as informações estão corretas, principalmente:

  • nome;
  • telefone;
  • e-mail.

Afinal, são por meio desses dados que a empresa irá entrar em contato com você. Em um primeiro momento, esses dois pontos citados ganham mais destaque do que a estética do currículo, desde que as informações estejam claras e organizadas.

Vai elaborar o seu primeiro currículo? Veja como montar o arquivo perfeito.

Esteja atento ao e-mail

A nossa terceira dica é para o momento pós-envio do currículo. Esteja sempre atento ao seu e-mail. De acordo com Giule, as empresas tendem a entrar em contato por e-mail por ser um canal mais viável e rápido, por isso é importante checar diariamente. Ao mesmo tempo que o candidato deve sempre atentar para o dia, local e hora do processo seletivo, para evitar ser chamado para entrevista e cometer algum engano.

Confira aqui algumas dicas importantes para garantir uma boa entrevista de estágio.

entrevista-estágio-ucpel
Psicóloga do Trabalho da Gestão de Pessoas da UCPel, Giule Rosa, explica os primeiros passos para quem busca um estágio.

 

Descubra o que você gosta de fazer

Uma das primeiras perguntas em processo seletivo para estágio é o porquê você escolheu devida área de atuação e qual a cadeira que mais te interessa no curso que está matriculado. Isso mostra um pouco sobre você e sua personalidade.

É através do estágio que o aluno pode experimentar as mais diversas áreas de atuação do ramo escolhido. A acadêmica Luana conta que na psicologia ela poderia atuar no ramo da saúde mental, educação ou trabalho. Tendo já concluído estágios na área hospitalar, no ambulatório e também no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), ela optou por atuar na área de gestão organizacional. Como resultado, atualmente, trabalha junto ao setor de Gestão de Pessoas da UCPel por acreditar que possui o perfil para a vaga.

Luana-pintanel-ucpel-estágio-psicologia
Neste setor Luana participa de todos os procedimentos. Passando por atividades de recrutamento, capacitação, avaliação psicológica, seleção e entrevista.

Dê o melhor de si

Os estágios são fundamentais para colocar em prática toda a teoria vista em aula. Além de serem os primeiros passos da vida profissional dos acadêmicos. “Quando a gente se forma e entra para o mercado de trabalho temos a oferecer a graduação completa, cursos feitos para complementar a formação e as experiências de estágios”, enfatiza Giule. Portanto, é de extrema importância passar pelas mais diversas áreas.

O conselho de ouro

Pedimos para a psicóloga uma dica especial para quem quer dar o primeiro passo para começar um estágio. A dica de ouro é pesquisar.

Entenda sobre as áreas de atuação do curso e fale com o coordenador da sua graduação. Assim como verifique quais são as atividades extracurriculares do seu curso.

Por fim, ao ser chamado para uma entrevista, estude sobre o local. Pesquise sobre as atividades, isso irá te ajudar a manter a calma e estar preparado para as perguntas do processo seletivo.

2 comentários em “6 dicas para quem quer começar um estágio

  1. Excelentes informações! O estágio é a preparação para a vida profissional, e as experiências que adquirimos nele são de suma importância para nossa formação. Portanto, aproveite ao máximo esse período para desenvolver-se e tonar-se um profissional diferenciado no mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2019 Blog da UCPel