Cursar Arquitetura na UCPel? Saiba mais!

Está pensando em cursar Arquitetura na UCPel? Sabemos que a escolha da carreira é uma decisão importante. Por isso, preparamos algumas informações para te ajudar nessa decisão. Vamos falar ainda sobre alguns diferenciais que fazem com que os acadêmicos da UCPel construam um currículo de peso.

1 – Como passar no Vestiba da UCPel

A trajetória acadêmica começa com a inscrição no Vestibular. Na UCPel, as inscrições estão abertas até o dia 16 de julho de forma gratuita. Estão disponíveis 45 vagas para o curso de Arquitetura e Urbanismo nesse processo seletivo de inverno. Além da redação, que deverá estar de acordo com o tema proposto e ter entre 25 e 30 linhas, é possível utilizar a nota do Enem como forma de ingresso. As provas são agendadas e o cronograma tem datas disponíveis em maio, junho e julho. Nesta edição provas serão realizadas em formato on-line em razão da pandemia do novo coronavírus.
Confira mais informações no edital.

2 – Cursar arquitetura na UCPel


Para cursar Arquitetura na UCPel é preciso ter disponibilidade para frequentar a aulas presenciais no período da noite por 10 semestres. O curso tem conceito 4 pelo Ministério da Educação (MEC), considerado uma nota de excelência. O currículo do curso prepara os estudantes para atuarem em diversas frentes dentro da Arquitetura e Urbanismo, conquista tanto quem gosta da área de humanas quanto de exatas. Devido a isso, a preparação garante que o egresso da UCPel possa optar por áreas como consultoria, vistoria, perícia, tecnologia de construção, arquitetura paisagística e de interiores, planejamento físico, urbano e regional, entre outras.

3 – Diferenciais da Arquitetura na UCPel

Se você optar por cursar Arquitetura e Urbanismo na UCPel terá a oportunidade de ter contato com a prática desde os primeiros semestres. Apesar de a teoria ser extremamente importante, as atividades práticas ajudam a assimilar os conteúdos e facilita a escolha da área que pretenderá atuar. Para garantir essas vivências aos alunos, a Católica de Pelotas investiu em infraestrutura. O Laboratório de Computação Gráfica foi recentemente reformado e conta com equipamentos de alta tecnologia com programas compatíveis às plataformas utilizadas na área. Além disso, os alunos realizam práticas na Maquetaria, no Laboratório de Engenharia dos Materiais e muitos outros, com atividades interessantes ao processo de ensino aprendizagem.


Os Projetos de Extensão também se destacam, proporcionando aos alunos vivências em situações que transformam a realidade da comunidade. No Programa de Sustentabilidade no Habitat Social os acadêmicos analisam e projetam soluções para habitações precárias, auxiliando a população de baixa renda de municípios da região. O curso tem bastante enfoque na arquitetura de interiores e também na preservação e valorização do patrimônio através de programas que atuam no restauro do Centro Histórico de Pelotas.


Você terá a oportunidade de aprender tudo isso com professores atuantes no mercado de trabalho, com experiência nas diferentes áreas e realidades da profissão.

4 – Dá pra financiar


Fazer a graduação na Católica de Pelotas também é financeiramente viável e podemos provar. Você sabia que a UCPel possui crédito estudantil próprio? O financiamento é oferecido pela Fundação Dom Antônio Zattera e pode cobrir até 50% do valor total da sua parcela. Esse valor deve ser ressarcido, mas fique tranquilo, pois o prazo começa a contar depois de seis mesas da data da formatura. Além disso, você não paga juros, apenas o reajuste anual da mensalidade, aplicada a todos os estudantes.
Você também pode financiar o seu curso através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e com os nossos parceiros. Outras opções são programas de bolsas de estudo, como as ofertadas pelo Programa Universidade Para Todos (Prouni).

5 – Como está o mercado de trabalho


O currículo do curso de Arquitetura e Urbanismo da UCPel está atualizado e em sintonia com as exigências do mercado de trabalho que têm dado oportunidade aos profissionais dessa área em diversos segmentos.
A restauração de ambientes tem ganhado cada vez mais espaço no mercado já que construir novos espaços não tem sido tarefa fácil nas grandes cidades, já esgotadas de edificações. Por isso, os arquitetos agora investem em reinventar espaços já existentes a partir de reformas e restaurações. Do mesmo modo, a decoração vem ganhando cada vez mais destaque nas mãos destes profissionais.
A tecnologia tem sido outra grande aliada dos profissionais desta área. A representação de desenhos em 3D tornou-se um diferencial e tanto no momento de vender um projeto e conquistar os clientes.

6 – Quanto ganha o Arquiteto e Urbanista

A média salarial deste profissional varia, especialmente, de acordo com as especializações realizadas, a região onde o arquiteto trabalhará e a área de atuação escolhida. A média salarial de um arquiteto no Brasil é de R$ 4.902. O destaque das regiões que melhor pagam os arquitetos são o Sudeste (R$ 6.837) e o Centro-Oeste (R$ 6.317).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2020 Blog da UCPel